Casal chinês condenado a pena suspensa

Os pais da menina chinesa de cinco anos que morreu após a queda do 21º andar de um edifício em Lisboa, em Fevereiro de 2016, foram hoje condenados a pena suspensa.

Segundo o acórdão do Tribunal Central de Lisboa, os pais foram condenados, cada um, a cinco anos de pena suspensa. Os arguidos, ambos de 40 anos, foram julgados por um crime de exposição ou abandono, agravado pelo resultado da morte da criança.

Segundo o despacho de pronúncia do juiz de instrução criminal, a menina foi deixada sozinha em casa enquanto o casal foi jogar para o Casino de Lisboa.

O procurador do Ministério Público, recorde-se, defendeu a condenação do casal, mas a uma pena suspensa, justificada com a ausência de antecedentes criminais e com o facto de os arguidos já estarem sujeitos à “perda da filha”.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger